Sobre mim

Minha foto
Jovens Adoradores
Caucaia, Ceará, Brazil
Somos jovens adoradores e colocamos Deus em primeiro lugar em nossas vidas, seguindo Seu caminho conforme Sua vontade em nós!!!
Visualizar meu perfil completo

Seguidores

Translate

Visualizações

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Conheça o ganhador da nossa 2ª Promoção

O blog Jovens ADC comemorou 2 anos esse mês e lançou uma super promoção, com o sorteio do novo CD do ministério D.T. Glória a Deus, juntamente com um ovo de páscoa.

O sorteio aconteceu no dia 29 de março, na FEIJADEC.
E a sortuda que levou o prêmio pra casa foi a Daiane Reis, que curtiu a nossa foto no face.
Parabéns, Daiane!



E quem também levou uma lembrancinha pra casa foram os nossos moderadores, que tocam esse blog pra frente. Sem eles não chegaríamos até aqui.
Parabéns a vocês pela dedicação e amor com que fazem essa obra, recebam nosso muito obrigado!


domingo, 29 de abril de 2012

Mural Jovens ADC

O mural é onde você, jovem da ADC, participa diretamente de nosso blog, enviando palavras, poemas, músicas, fotos, testemunhos, vídeos, tudo comentado por você.

E temos o imenso prazer de apresentar para vocês mais um jovens ADC, o Edmir Filho. Ele vai nos indicar dois vídeos abençoados, um para o os blogueiros e outro para as blogueiras.
Confere aí!
***

Às blogueiras de plantão!
Não foi por acaso que a canção “Aguenta Firme”, composta pela Pastora Ludmila Férber, foi regravada pelo “VOICES”. A faixa faz parte do novo álbum do grupo lançado pela gravadora MK Music, intitulado “VOICES PARA SEMPRE”

O quinteto feminino tem em sua formação três grandes interpretes da música gospel nacional da atualidade: Eyshila, Fernanda Brum e Marina de Oliveira. E são justamente essas as personagens principais do clipe que veremos a seguir. O roteiro inclui o testemunho dessas três adoradoras que passaram por fortes crises pessoais e em seus respectivos ministérios nos últimos anos.

Em 2008, diagnosticada com graves problemas nas cordas vocais, a cantora Eishyla (que já se apresentou na AD Caucaia em 2007) teve a carreira seriamente ameaçada pela doença, sendo inclusive desenganada pelos médicos sobre a possibilidade de voltar a cantar. Parecia o fim.

Dois anos mais tarde, em 2010, Marina de Oliveira (cantora e diretora artística da gravadora) perdeu o irmão e o marido em um acidente de ultraleve. Semanas após essa fatalidade, a filha mais velha, Luiza, (recém- casada) também perde o esposo em um acidente automobilístico. Mãe e filha ficaram viúvas.

Recentemente, após inúmeros tratamentos para engravidar, a cantora e pastora Fernanda Brum abrigou em seu ventre uma gestação de alto risco. Passível de aborto espontâneo a todo instante.

A letra da música e as imagens do vídeo são fortes. Não por serem chocantes e estarrecedoras, mas por serem profundamente simbólicas e sensíveis. Inclusive, uma das locações escolhidas para o clipe foi o cemitério do Rio de Janeiro onde as vítimas das tragédias vividas por Marina foram sepultadas.

Nas gravações, as cantoras voltaram a se emocionar profundamente interpretando a canção passando de forma tocante e convincente para público parte dessas marcantes experiências.

Você jovem, adolescente, moça ou senhora visitante desse blog, talvez se identifique com uma dessas histórias e tenha algo a aprender assistindo ao vídeo.
Deus te abençoe.




Aos blogueiros de plantão!
E aí irmão? Se acha seguro? Abençoado? Bonitão? E cheio de amor pra dar? O cara do vídeo também “se achava!”

Tá triste, deprimido ou meio sem motivação por não se considerar nada disso? Então continue lendo.
Pratica algum esporte? Pratica? Esse vídeo tem muito a te ensinar.

Não pratica esporte? Esse vídeo tem mais a te ensinar ainda.

Seja qual for a sua opção, situação ou estilo de vida; ou mesmo se você não tiver nenhum. Vale a pena assistir.

Tá de bobeira? Na cadeira, com a mão no queixo, sem nada pra fazer, de frente pro PC? Esse cara aí poderia estar exatamente assim agora e você vai descobrir o real por quê.

Galera, presta atenção em cada minuto desse vídeo; que não é tão curto, mas quando você menos espera, ele termina.

Esse depoimento pode melhorar a tua auto-estima e de quebra acabar com uma porção de preconceitos que existem aí na sua cabeça e que você nem acha que tem. Duvida? Faz o teste. Assiste.

Como é que tá tua vida, hein?

Tá cheio de objetivos, planos, sonhos, projetos?

Sem perspectivas?

#Esse vídeo pode mudar toda a sua percepção de mundo.

Deus te abençoe! Se liga.




Por Edmir Filho.



Curtiu? Então envie você também uma matéria para publicarmos aqui no Mural! 
É só mandar um e-mail para: setor-social@hotmail.com
  
terça-feira, 24 de abril de 2012

domingo, 22 de abril de 2012

Vc não pode ficar de fora!..Vai ser benção!


sábado, 21 de abril de 2012

Elementos básicos e essenciais da Vida Cristã



quarta-feira, 18 de abril de 2012

Qual a Sua Escolha?


Um dos versículos que eu recordo-me de ter decorado ainda quando eu era adolescente, é esse em Deuteronômio:

 sozinha1.jpg (440×317)
"Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência." Deuteronômio 30:19
Claro que, lendo o capítulo inteiro e pelo contexto, sabemos que Moisés disse essas palavras aos israelitas.
E da mesma forma que ele deixou uma escolha para o povo, entre a vida e a morte, hoje também temos essa escolha.
Como já falamos muitas e muitas vezes por aqui, "a vida é feita de escolhas."E como eu aprendi esse versículo no início da minha caminhada com Cristo, sempre quando eu me deparava com alguma decisão, eu relembrava desse versículo, e recitava para mim: 'Escolhe pois a vida para que vivas."

Acho que foi Moisés, inspirado por Deus, que criou a frase "A vida é feita de escolhas."Indiretamente, foi isso que ele quis dizer; ele não obrigou o povo a nada, nem ele e nem Deus.
Cada israelitas era livre para tomar as decisões que quisesse, cada um era livre para fazer suas escolhas.

Assim como somos livres hoje, para fazermos nossas escolhas!
Mas não podemos esquecer que nossas escolhas só nos levam à dois caminhos, benção ou maldição.
Não existe uma terceira opção.

"— Hoje estou deixando que vocês escolham entre o bem e o mal, entre a vida e a morte." Deuteronômio 30:15


Onde suas escolhas tem te levado?


 



Com amor
Pati Geiger
Professora e Blogueira
www.euescolhiesperar.com/

Adaptado por: John Alves






sábado, 7 de abril de 2012

Blog JOVENS ADC faz aniversário esse mês!

No dia 24 de abril, o blog da UMADEC faz aniversário.
São 2 anos levando Cristo através do meio virtual!

O blog chega aos seus 2 anos com mais de 185 postagens, 104 seguidores (sigua você também) e mais de 15 mil acessos, (reiniciamos nosso contador de visitas ano passado). A matéria que obteve o maior número de acessos foi "27 Congresso de Jovens", com 2775 visualizações. Recentemente criamos também uma página no facebook para divulgar nossas postagens, é só curtir lá.

Nossa missão é divulgar os trabalhos da juventude AD Caucaia, pregar o evangélio e alcançar vidas.
Para isso, contamos com nossos moderadores.

Conheça quem está ou já esteve a frente desse trabalho:


  
-Lilian Sanders-
Algumas de suas postagens:





                                                                                       -Rômulo Fabrício-
                                                                          Algumas de suas postagens:
  • IDE                                  
  • Deus age certo                 






-Abraão Ramos-
Algumas de suas postagens:







 -Deborah Nascimento-
Algumas de suas postagens:






-John Alves-
Algumas de suas postagens:






Parabéns a todos os nossos moderadores pelo trabalho bem sucedido que vêm fazendo até aqui!
Que Deus recompense os seus esforços!


E para comemorar, criamos nossa 2ª promoção:

Deixe seu comentário nessa matéria, parabenizando ao blog pelo aniversário ou contando como esse trabalho tem abençoado sua vida.

Concorra ao sorteio do novo CD do Diante do trono "Glória a Deus", juntamente om um ovo de páscoa.


 O sorteio será no dia 28/04, no culto da UMADEC.

 Você poderá também, deixar comentários nas demais postagens de Março e Abril. Pelo facebook, é só postar seu comentário no nosso mural, nos parabenizando.
Quanto mais comentários, mais chances de ganhar!

Participe!!

As coisas velhas já ficaram para trás!

Mas agora o Senhor diz ao seu povo: "Não fiquem lembrando do que aconteceu no passado, não continuem pensando nas coisas que fiz há muito tempo."  (Isaías 43:18)



 Diferente de nossas emoções diárias que dia a dia vamos soltando e se estivermos fazendo o que Deus
quer vamos ao mesmo tempo resolvendo, muitas vezes a bagagem emocional do passado está sempre lá, se ainda não tratamos como se deve. O certo é que o passado não deve influenciar nosso presente e muito menos o nosso futuro.O problema é que muitas vezes deixamos que coisas do passado, que estão
gravadas em nossa mente, determinem nossas ações. E isto, como vamos ver é totalmente prejudicial. Anos de exposição e experiência de vida gravaram marcas em nosso banco de memória que é acionado pelos acontecimentos atuais. Esse é o tipo de emoções de longo prazo, que se escondem abaixo da superfície,de emoções primárias. A intensidade de nossas emoções primárias é determinada por nossa história anterior de vida. Quanto mais traumática sua experiência, mais intensa será a sua emoção primária. Muitas dessas emoções primárias permaneceram dormentes e terão muito pouco efeito em sua vida até que alguma
coisa faça com que elas despertem. Algumas vezes, numa conversa, você já trouxe à tona determinado assunto que perturbou alguém e fez com que ele saísse da sala irritado? A maioria das pessoas tenta controlar suas emoções primárias evitando as pessoas ou os eventos, que as despertam. Mas você não pode isolar-se
completamente de tudo o que pode desencadear uma reação. Você deve aprender como resolver conflitos anteriores ou a bagagem emocional se acumulará e o passado controlará a sua vida.
Deus quer que o passado sirva com exemplo e não como controlador de sua vida. O
que passou, passou. Então, controle este tipo de emoção também. Você foi estuprado(a)? Violentado(a)? Tentou suicídio? Prostitui-se ou casou com alguém que fez isso? Ou qualquer outra coisa que de vez em quando volta à sua mente?
Entregue a Deus e esqueça. Não permita que as emoções do passado acarretem emoções no presente. Sepulte-as! Domine-as! O que importa é o que você é agora! E quando alguma coisa tentar desviar o seu olhar de Cristo, não deixe. 

Tenha um ótimo dia,desfrute de sua LIBERDADE em Cristo, você é livre.. saia desse aquário, tem um oceano bem a sua frente!
 
fonte: Salumiel

Santidade

“ Sem santidade ninguém verá o senhor.” Hebreus 12.14b


Você saberia dizer o que significa santo? O mundo entende como “santo” alguns personagens históricos, que estiveram ou não pessoalmente com Cristo e que foram canais para que um milagre ou sinal acontecesse. Isso é um privilégio para poucas pessoas; nessa cisão, nem todos podem ser santos.

Pecado não
A santidade é um processo que dura a vida toda, uma luta constante contra o pecado. Todos os dias, precisamos vencer desafios e obstáculos, precisamos dizer “NÃO” á vontade da carne. Jesus e regenerado pelo Espírito Santo, as tentações continuarão aparecendo em sua vida. O inimigo trará, a todo custo, fazer com que o salvo recue e retorne a uma vida vazia, sem Deus, pecaminosa

1.1 QUE LUTA!
A única maneira de manter-se em comunhão com o Senhor e no centro da Sua vontade é perseguir a santificação. Deus não tem comunhão com o pecado. Ele abomina a iniqüidade. Por isso devemos ficar longe da mentira, da falsidade, da ira, da maledicência, da inveja, do ódio, da lascívia, da prostituição...
Todas essas coisas constituem as obras da carne. A natureza humana tem a tendência de desejar o mal, por isso devemos lutar contra esses desejos que não agradam a Deus.

Exemplo simples de como a tendência ao pecado está em nós!
1- Quando um homem natural, ou seja, que não entende as coisas de Deus, sofre por causa de males que outros lhe causaram, sua primeira inclinação é vingar-se das pessoas que o machucaram. E, se ele consegue sair da situação de humilhação, logo pensa: “ Agora fulano vai ver só!”. Mas aqueles que buscam a vontade de Deus fazem com José, que perdoou os seus irmãos e não lhe retribuiu o mal que lhe fizeram. Todas as vezes renunciaram aquilo que a nossa carne está exigindo e optamos por obedecer a Deus, subimos um degrau da santificação!

1.2 EQUÍVOCOS
Já dissemos o que significa ser santo. Agora, precisamos dizer o que isso não significa:

* Isolamento - Muitos pensam que ser santo é ser um eremita. Eremita é a pessoa que vive isolada da sociedade, nas montanhas , longe de tudo e de todos. Confundem santidade com confinamento, clausura, horas de meditação... Algumas pessoas acham que não podem falar com pessoas descrentes. Nem chegam perto delas, para não se contaminar. A questão é: como essas pessoas ouvirão de Jesus se você não as comprimentar, não dar um sorriso ou falar com elas?

Deus quer que você seja um santo não um “santarrão!” (Romanos 14.7)

Lembre-se que todos nós estamos num mesmo parentar para Deus. A Bíblia diz que TODOS pecaram e foram destruídos da gloria de Deus. Ninguém pode se achar santo, mais puro, com mais unção, o melhor de todos... Santidade não é isso” Ser santo é justamente reconhecer que é um pecador e que precisa da graça de Deus para manter-se de pé (2 Co 10.17,18).

Perfeição absoluta- Todos nós temos defeitos e continuaremos assim até a morte ou até que cristo venha nos levar para o céu. Enquanto você estiver neste corpo será imperfeito. Ser santo não significa errar nunca, mas sim viver em retidão diante de Deus, em obediência a Sua palavra. Mas é uma busca constante da perfeição, de uma vida que agrada ao Senhor (Lc 1.6)

Vida de aparência- A santidade começa no interior da pessoa. Logicamente, ela se refletirá no seu exterior. Uma moça que se diz santa, separada por Deus não vai se vestir de maneira provocante. Um rapaz separado por Deus não vai andar todo sujo, maltrapilho. Mas muita gente acha que santidade é medida, pelo cabelo, pela roupa, pelas “glorias” e “aleluias” ou pela pregação “fogo puro” ... Acontece que existem crentes que utilizam essas coisas para esconder o seu pecado. Vivem da maneira errada, mas estão com cara de crentes, roupa de crente... Ser santo é viver em sinceridade diante de Deus! (2 Co 13.5)

*Veja agora alguns motivos para você, a partir de hoje, começar a buscar ou intensificar a sua busca pela santidade.

2.1 PARA HONRAR A DEUS
A sua santificação foi possibilitada por Jesus, lá na cruz do Calvário. E o preço derramado por nós (1 Pe 1.18,19).

2.2 A PURIFICAÇÃO PELA OBEDIENCIA
Obedecer é simplesmente fazer o que lhe mandam. Deus mandou você obedece!

2.3 VIVENDO EM AMOR
É impossível viver em santidade sem exercer o amor para com os irmãos e o próximo.

CONCLUSÃO : Mas, ser santo significa ser separado do pecado. Logo, todos nós que servimos a Jesus podemos ser considerados santos do Senhor. Aliás, ser santo é um mandamento. Deus disse: “ Sede santos, como Eu sou Santo!”

fonte: Blog Salumiel

Origens da páscoa

Muito antes de ser considerada a festa da ressurreição de Cristo, a Páscoa anunciava o fim do inverno e a chegada da primavera. A Páscoa sempre representou a passagem de um tempo de trevas para outro de luzes, isto muito antes de ser considerada uma das principais festas da cristandade. A palavra “páscoa” – do hebreu “peschad”, em grego “paskha” e latim “pache” – significa “passagem”, uma transição anunciada pelo equinócio de primavera (ou vernal), que no hemisfério norte ocorre a 20 ou 21 de março e, no sul, em 22 ou 23 de setembro.


A páscoa judaica (em hebraico פסח, ou seja, passagem) é o nome do sacríficio executado em 14 de Nissan segundo o calendário judaico e que precede a Festa dos Pães Ázimos (Chag haMatzot). Geralmente o nome Pessach é associado a esta festa também, que celebra e recorda a libertação do povo de Israel do Egito, conforme narrado no livro de Êxodo.

A festa cristã da Páscoa tem origem na festa judaica, mas tem um significado diferente. Enquanto para o Judaísmo, Pessach representa a libertação do povo de Israel no Egito, no Cristianismo a Páscoa representa a morte e ressurreição de Jesus (que supostamente aconteceu na Pessach) e de que a Páscoa Judaica é considerada prefiguração, pois em ambos os casos se celebra uma “libertação do povo de Deus”, a sua passagem da escravidão (do Egito/do pecado) para a liberdade.

De fato, para entender o significado da Páscoa cristã, é necessário voltar para a Idade Média e lembrar dos antigos povos pagãos europeus que, nesta época do ano, homenageavam Ostera, ou Esther – em inglês, Easter quer dizer Páscoa.

Estes antigos povos pagãos comemoravam a chegada da primavera decorando ovos. O próprio costume de decorá-los para dar de presente na Páscoa surgiu na Inglaterra, no século X, durante o reinado de Eduardo I (900-924), o qual tinha o hábito de banhar ovos em ouro e ofertá-los para os seus amigos e aliados.
Ostera (ou Ostara) é a Deusa da Primavera, que segura um ovo em sua mão e observa um coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés nus. A deusa e o ovo que carrega são símbolos da chegada de uma nova vida. Ostara equivale, na mitologia grega, a Persephone. Na mitologia romana, é Ceres.

Independência e Morte!


Olá amigos e leitores!

Começo o post desta semana transcrevendo uma interessante história que li:

 “Diversos homens foram em uma viagem missionária ao Haiti onde encontraram um rapaz de 19 anos, que amava profundamente a Cristo. O jovem impressionou-os de tal modo, que o convidaram a visitar os Estados Unidos.

Quando chegaram, um mundo totalmente novo abriu-se diante dos olhos do jovem haitiano. Nunca dormira em lençóis, nunca tivera três refeições em um só dia, nunca usara água encanada e nunca provara um Big Mac.

Viajando pelos Estados Unidos, o jovem fez muitos amigos. Ao fim de uma longa visita de seis semanas, seus anfitriões ofereceram em sua honra um jantar de despedida. Após aquela refeição, diversos membros do grupo dirigiram-lhe palavras de calorosa despedida. Então perguntaram ao moço haitiano se gostaria de dizer alguma coisa. Sim, declarou: Gostaria. Desejo agradecer-lhes por me haverem convidado. Apreciei realmente este período nos Estados Unidos. Mas também estou muito contente em voltar para casa. Vocês possuem tanto na América, que já estou quase perdendo a confiança na dependência diária de Cristo!

Será que dependemos de Cristo?
Nossa tendência é buscar independência. Não gostamos de depender de ninguém, não é verdade? Proclamamos confiança em um Deus invisível, anunciamos aos quatro ventos seu amor, cuidado e provisão, mas, todo o tempo, trabalhamos por independência. Financeira, emocional e até mesmo espiritual.

Isso é mais real do que gostaríamos de admitir. É um padrão de pensamento secular ao qual temos nos moldado. Nossos muitos recursos têm nos impedido de depender de Deus e depender de Deus é ter o temor e a confiança de que o Senhor tem o poder de dar-nos o que precisamos. Somos como o povo de Israel que se cansou da provisão diária e sentiu saudades das “cebolas do Egito”.

Que o Senhor nos conduza à genuína confiança e dependência ou morreremos, abastados, deixando posses, mas não herdando nada!

Helena Tannure.

fonte: Blog da Helena Tannure
sexta-feira, 6 de abril de 2012

Goiabas sem bicho

Quando eu era criança, em minha casa havia uma pequena goiabeira. Não me lembro de alguém tê-la plantado ali, em um pedacinho de chão agarrada ao muro que separava nosso quintal do quintal do vizinho, mas lá estava ela!
Aguardávamos com grande expectativa o aparecimento dos frutos que, para surpresa de todos, eram extraordinários! Goiabas enormes e extremamente saborosas que saciavam nosso curioso paladar infantil. Apenas uma goiaba era suficiente para deliciar a mim e meus dois irmãos!
 
 

Ao longo de toda a estação, tínhamos de três a seis goiabas. Parece que todo o esforço se concentrava nos escassos, porém perfeitos, frutos!
 
Tenho conhecido muitos ministérios e nessa minha nova jornada ouço muitas coisas, relatos que me encorajam a prosseguir e notícias que jamais desejaria saber.
 
O fato é que no pomar de Deus existem muitas árvores, uma enorme diversidade de cores, sabores e frutos.
Algumas são árvores imponentes, majestosas, abarrotadas de frutos mas, quando contempladas de perto, revelam muitas pragas e frutos podres. Outras, como a goiabeira da minha infância, pequenas, crescendo junto a muros de religiosidade ou indiferença, mas extraordinárias, produzindo frutos robustos e saudáveis, deliciando e alimentando a quem precisa!
 
Quanto mais conheço Jesus, sua doçura e simplicidade, mais sinto nojo do desvirtuamento que o evangelho vem sofrendo e de pessoas que usam as boas novas para beneficio próprio e, em nome dos “frutos”, se julgam aprovados pelo Jardineiro.
 
É tempo de refletirmos sobre os frutos que estamos gerando e nos sujeitarmos às podas necessárias para que geremos mais frutos saudáveis de acordo com a vontade de Deus!
 
Não me refiro apenas à frutos de salvação e restauração de vidas, mas, principalmente, aos frutos do caráter.
 
Usura (lucro exacerbado), falcatruas, tráfico de influencia, abuso de autoridade, soberba, falsa modéstia, suborno, bajulação, desvio de dinheiro, hipocrisia… Estas são algumas pragas que têm apodrecido os frutos de frondosas árvores!
 
É tempo de acordar, Igreja!
 
Que o Senhor do Pomar tenha a misericórdia de podar e, se for necessário, cortar completamente aqueles que tem se levantado como escândalo.
 
Mas não se apresse em julgar outras árvores, comece consigo mesmo.
 
Helena Tannure.
 
fonte: Blog da Helena, do Ministério Diante do Trono.